assebrasp@assebrasp.com.br | (31) 3226-9047ou (31) 3226-9720

4 jan

Cuidados com a saúde, durante as viagens de início de ano, podem evitar doenças

Nas especiais, como final e início de ano, já é hora de colocar o pé na estrada para aproveitar e descansar longe de casa, junto  aos familiares e amigos. Para que a viagem não tenha contratempos, é importante tomar alguns cuidados com a saúde, principalmente em épocas de doenças transmitidas pela picada do mosquito Aedes Aegypti, como a dengue,a  zika e a  chikungunya . Além disso, gripe, diarreia, conjuntivite, gastroenterite e herpes são as doenças que mais acometem os viajantes. Nesta época, as pessoas costumam consumir álcool e dormir pouco, o que também causa baixa imunidade. Por isso, o período entre o Natal e o Carnaval, é quando mais se vê doenças virais.

Para se proteger das picadas dos mosquitos, a recomendação é usar repelente e roupas que cubram o corpo. Em caso de calor, escolha tecidos leves. No entanto, se o pano for muito fino, deve-se aplicar repelente por baixo da roupa. Medidas como reduzir a exposição ao sol e o consumo de álcool, alimentar-se bem e beber bastante líquido, auxiliam na manutenção dos níveis de imunidade e na prevenção de problemas de saúde.

Além disso, ao fazer refeições na rua, é importante tomar muito cuidado com o gelo em bebidas, alimentos com maionese e os frutos do mar. Isso pode evitar tanto a diarreia do viajante, que causa febre, dor abdominal, quanto a gastroenterite, cujos sinais são náuseas, vômito e dor de cabeça. Caso a pessoa se sinta mal é preciso procurar uma emergência.

Dicas

Antes da viagem: certifique-se se é necessário tomar alguma vacina (pede-se 10 dias de antecedência). Quem vai para a Amazônia precisa se proteger contra a malária e, para algumas regiões do país, contra a febre-amarela. Consulte a lista na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Não pode faltar na sua bagagem: álcool em gel, repelente, protetor solar, medicamentos do seu costume para dor, febre, diarreia e cólica, kit de primeiros socorros, contendo curativo, gase, esparadrapo e pomada contra picada-de-insetos, garrafa de água e suco ou isotônico.

No trajeto: em viagens longas (mais de 8 horas), levante-se de tempos em tempos, para mexer pernas e braços

(Fonte: Globo.com).